Pular para o conteúdo

Recall de veículos: o que é? Como funciona?

Recall de veículos: o que é? Como funciona?

O recall de veículos é um procedimento crucial, especialmente quando se trata de segurança. Isso ocorre porque as fabricantes entram em contato com os donos ao identificar um problema que pode afetar não apenas o condutor, mas também outras pessoas. Infelizmente, nem todos têm ciência desse processo. De fato, muitos recebem constantes informações a respeito, mas ignoram a relevância do recall de veículos.

Recall de veículos: Entenda completamente esse procedimento!

Ao abordar a segurança nas estradas, o recall de veículos se equipara em importância à manutenção. Isso porque é a fabricante que notifica o proprietário, alertando sobre possíveis riscos. Além disso, esses perigos não afetam apenas a saúde do condutor, mas também a segurança dos consumidores em geral. Logo, é essencial compreender a natureza do recall de veículos e atender prontamente quando solicitado.

Frequentemente, as pessoas recebem uma sobrecarga de informações sobre o recall de veículos, porém muitas simplesmente ignoram. Portanto, o primeiro passo para compreender esse procedimento é reconhecer a importância desse alerta.

Afinal, o que é o recall?

A maioria já ouviu falar sobre o recall, mas muitos desconhecem seu significado. Alguns condutores chamados para realizar esse procedimento passaram por substituições de peças importantes e outros reparos no veículo. Os consumidores que compram veículos novos visam evitar futuros problemas, mas nem sempre consideram um problema cada vez mais comum: os defeitos de fábrica.

Nesse contexto, entra o recall. Traduzindo a expressão do inglês, ela significa literalmente “chamada de volta”. Como mencionado, serve para alertar os condutores sobre um defeito de fábrica no veículo. Normalmente, esse aviso indica que usar o veículo pode representar riscos para a saúde do condutor e de outras pessoas. Por esse motivo, é tão crucial quanto a manutenção regular.

Embora o recall seja utilizado para informar sobre defeitos em outros produtos e serviços, ele é especialmente popular entre os fabricantes de veículos. Portanto, é imperativo que, ao ser chamado, o condutor atenda à convocação.

Como o recall funciona?

Seguindo as disposições do Código de Defesa do Consumidor, a fabricante deve elaborar um anúncio informativo, comunicando aos consumidores a situação e os riscos que os automóveis podem apresentar para sua saúde. Assim que o anúncio é concluído, é divulgado em todos os meios de comunicação, como TV, rádio, jornais locais e até mesmo na página oficial da fabricante. O objetivo principal do recall de veículos é alertar os consumidores sobre a situação e resolver o problema o mais rápido possível.

Qual é o período de duração de um recall?

Primariamente, o recall de veículos não tem um período de duração específico. Dessa forma, pode ser realizado em qualquer momento. No entanto, existem algumas normas a serem seguidas pelos consumidores. Conforme estabelecido no Código de Defesa do Consumidor, se, após cinco anos do anúncio do recall, o proprietário não atender à convocação, perde o direito de reclamar de possíveis problemas futuros.

Apesar disso, a legislação entende que a responsabilidade por danos eventuais é integralmente da montadora, mesmo se o dono do veículo não seguir a convocação do recall.

Quais são os custos de um recall?

Serviços de troca ou reparo são totalmente gratuitos

Antes de tudo, todos os serviços de troca ou reparo serão inteiramente de responsabilidade da montadora. Com isso em mente, o consumidor não incorre em qualquer tipo de despesa ao atender à convocação do recall. Assim que o recall é divulgado, o consumidor deve verificar os horários disponíveis na concessionária e agendar sua visita. Dessa forma, no dia agendado, basta comparecer e aguardar o reparo ser concluído.

Ademais, se o consumidor identificar um defeito na peça antes do recall ser anunciado, ele tem total direito de solicitar o reembolso da peça sem pagar pela mão de obra da montadora.

Qual é o significado do recall em branco?

De maneira geral, o recall em branco é do tipo voluntário. Isso significa que a montadora não é obrigada a realizar o reparo para o consumidor, pois não envolve nenhum tipo de risco. Essa é a principal distinção em relação ao recall que é divulgado amplamente pelos principais meios de comunicação. Portanto, esteja atento a esse tipo de convocação, pois o recall em branco não implica em riscos para a sua saúde ou a de outras pessoas.

Confira também: Como imprimir CRLV de moto de leilão

Quando ocorreu o primeiro recall no Brasil?

Muitas pessoas desconhecem a data do primeiro recall no Brasil, mas têm interesse no assunto. Assim, o primeiro anúncio ocorreu em 1988, quando mais de 20 mil unidades de veículos apresentaram defeito de fabricação. Na ocasião, o modelo anunciado com defeitos foi o OF 620 da Mercedes Benz, que tinha um problema no suporte da coluna de direção. Desde então, o número de recalls tem crescido consideravelmente no Brasil.

Contudo, não há motivo para preocupação. Isso porque, desde 2020, os recalls estão sendo divulgados na internet por meio do aplicativo conhecido como Carteira Digital de Trânsito. O recall é anunciado nessa plataforma, informando o defeito encontrado, além da possibilidade de solicitar o reparo totalmente gratuito. Portanto, faça o download do aplicativo agora mesmo! Ele está disponível para smartphones com sistemas operacionais Android e iOS.

Deixe sua avaliação

Deixe sua opinião